Imprimir

Modelo de Parceria Educacional

A NEXUS com o incentivo do Parque Tecnológico de São José dos Campos, decidiu apoiar instituições de ensino, junto as tecnologias de software livre de mapeamento que utiliza e desenvolve.

Como funciona este modelo?

Todo o modelo é baseado em capacitação, pesquisa e desenvolvimento aplicados, ou seja, visando a capacitar os alunos de graduação, mestrato ou douturado em tecnologias que estão disponíveis no mercado e podem vir a ser utilizadas pelos mesmos no futuro quando forem para o mercado de trabalho.

Empresas e parceiros tecnológicos

Neste modelo, a NEXUS, seus parceiros tecnológicos e outras empresas de Tecnologia da Informação e de Engenharia, estão em constante contato com o mercado, entendendo a constante mudança das necessidades deste mercado e realizando negócios lucrativos junto ao mesmo.

Instituições de ensino

As instituições de ensino, universidades, escolas técnicas, cursos de mestrado, doutorado e pós-doutorado, são responsáveis por capacitar profissionais para o mercado. Mesmo que realizem pesquisas acadêmicas, na parceria conosco o objetivo é que estas pesquisas sejam sempre aplicadas as realidades e necessidades do mercado.

Alunos

Os alunos querem se capacitar para obter um bom posicionamento junto ao mercado. Alguns querem ser empregados de empresas deste mercado, outros querem montar sua própria empresa para atender o mercado e outros desejam seguir uma carreira acadêmica. Neste último caso esta parceria é focada na pesquisa acadêmica aplicada, de preferência em parceria com empresas.

Por que este modelo é virtuoso?

Por que nele todos ganham.

O mercado, representado por empresas e pelo governo ganha pois passa a possuir mais técnicos com sólidos conhecimentos no desenvolvimento de aplicações personalizadas, que visem um maior controle de suas atividades com eficiência e eficácia. Também ganha, pois passa a ter mais empresas prestadoras de serviços para atenderem as suas necessidades.

Os alunos, ganham pois passam a possuir maior qualificação, maiores rendimentos e ainda para os empreendedores, uma capacidade de implementar os seus próprios negócios.

A NEXUS e empresas, ganham pois passam a divulgar mais as tecnologias existentes do Terralib, desenvolvida pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE e gerar demandas junto ao mercado, que podem vir a ser atendidas, pela NEXUS, por parceiros da NEXUS ou por empresas do mercado que passarão a conhecer as tecnologias.

Por que não existem barreiras de entrada?

Por que a tecnologia está disponível na forma de software livre Terralib e neste modelo a NEXUS não impõe nenhum tipo de contrato junto as instituições de ensino e empresas. Contratos são realizados ou não de livre e espontânea vontade entre as partes. Com tecnologias fechadas e proprietárias contratos são impostos pelas empresas detentoras ou representantes destas tecnologias.

Quais são as tecnologias utilizadas?

Tecnologias que tem como base o Terralib do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais -INPE, bem como tecnologias desenvolvidas pela Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais - FUNCATE, sobre o Terralib.

Atualmente temos pesquisas em andamento na integração do Terralib com outras tecnologias livres de mapeamento disponíveis no mercado.

Com quais tecnologias posso iniciar junto aos alunos?

Para alunos de graduação de tecnologia de informação, recomendamos o desenvolvimento de aplicações com as bibliotecas Terralib.

Para exemplos de programas desenvolvidos com o Terralib acesse nossos vídeos no youtube.

Selecione aqui para assistir a um desenvolvimento já realizado pela NEXUS.

Selecione aqui para acessar os vídeos de como programar.

Para alunos de graduação que não irão desenvolver aplicações (programação) recomentamos as tecnologias Terraview e Spring, entre outras disponíveis.

Que trabalhos posso solicitar aos alunos?

Recomendamos que a instituição de ensino ouça as necessidades das empresas, que estão mais perto do mercado e que os alunos de graduação e pós-graduação realizem atividades escolares para atender a estas necessidades.

Posso realizar parceria com um núcleo tecnológico de minha região?

Sim. Incentivamos isso.

Como é realizada a parceria?

Podemos auxiliar remotamente ou presencialmente. Iremos auxiliar os professores no estabelecimento de metas de trabalhos a serem desenvolvidos que sempre foquem o mercado. Recomendamos:

  1. Visita inicial para estabelecer e fechar a parceria.
  2. Apoio técnico junto a grade de atividades acadêmicas a serem desenvolvidas.
  3. Capacitação dos professores.
  4. Acompanhamento e suporte junto a estas atividades.

Como são cobrados por estes serviços?

São cobradas as despesas de viagem, bem como o dia trabalhado. As tecnologias e softwares são disponibilizados na forma de código aberto sem custos. Consulte-nos.

Integração Empresa - Escola
GeoSan

Ocorreu na semana passada no Centro Empresarial I, onde encontra-se a NEXUS, o evento que apresentou aos empresários do Parque Tecnológico, as ações de integração entre empresa e universidades e escolas técnicas. A NEXUS já vem experienciando esta parceria com junto aos alunos da FATEC, onde nossas inovações em desenvolvimento de software de mapeamento para o setor saneamento, incentiva esta integração.

 

 

0
Boletim Inovação em Saneamento
GeoSan

O Boletim Inovação em Saneamento possui vários links interessantes em saneamento.

Para acessar selecione aqui.

0
Oficina Preparatória FEHIDRO e Cobranças PCJ
EPANET
Uma oportunidade para conhecer as regras na solicitação de recursos junto ao FEHIDRO. COMUNICADO Prezados membros dos Comitês PCJ e Convidados, Os Comitês PCJ e a Fundação Agência das Bacias PCJ convidam para a OFICINA PREPARATÓRIA FEHIDRO E COBRANÇAS PCJ, a ser realizada conforme segue: Data: 11 de dezembro de 2013 Horário: 8h30 às 13h00 Local: Salão Nobre da FUMEP - Avenida Monsenhor Martinho Salgot, 560 – Vila Areão – Piracicaba/SP A Oficina Preparatória FEHIDRO e COBRANÇAS PCJ oferecerá aos participantes a oportunidade de conhecer e esclarecer as novas regras para seleção de empreendimentos visando financiamento com recursos oriundos das Cobranças pelo Uso dos Recursos Hídric...
0